sexta-feira, maio 16, 2014

avaliação da dor no sape

avaliação da dor no sape

Avaliação da dor no sape

Tipos de dor: dor cervical, dor lombar, dor abdominal, dor pré-menstrual, dor gástrica, dor osteoarticular, dor de garganta, dor associada a feridas e ulceras, cefaleias, dor de ouvidos, dor em situações terminais...

Programa de saúde escolhido:
Saúde do idoso/ Saúde de adulto/ Saúde Juvenil

Fenómenos mais frequentes:
Dor

Exemplos de registo:
Fenómeno escolhido: Dor

Focos de atenção:
Dor (dor, presente (intermitente ou contínua))
Dor (em grau reduzido, em grau moderado, em grau elevado, ou em grau muito elevado) - muito frequente, frequente, às vezes, raramente, muito raramente ou nunca.

Intervenções de enfermagem:
  • Executar técnica de distração
  • Executar técnica de imaginação guiada
  • Executar técnica de relaxamento
  • Explicar sobre a sensação de dor
  • Gerir a analgesia
  • Monitorizar a dor através de escala de dor (registar valor de 0 a 10, sendo o 0 (registar valor de 0 a 10, sendo o 0 sem dor e 10 dor máxima)
  • Posicionar a pessoa (Procedimento)
  • Vigiar dor
  • Aplicar frio
  • Aplicar envolvimento de frio
  • Aplicar calor
  • Imobilizar partes do corpo com tala
Escala de avaliação da dor

Fontes bibliográficas
SAPE - Serviço de Apoio à Prática de Enfermagem
CIPE - Classificação Internacional para a Prática de Enfermagem, CIPE®2.0
Share This